domingo, 15 de maio de 2011

Das lâmpadas aos sapatos

 Como diria Thomas Edson : "Eu não falhei, encontrei 10 mil soluções que não davam certo". Tudo bem que não foram 10 mil, mais algumas coisas não deram certo na tentativa de pintar sapatos.

Primeira tentativa frustrada:
Sapato branco + Graxa preta ou marrom =  Sapato sujo
A graxa não tem o poder magico de colorir o sapato, mesmo eu acreditando muito.

Segunda tentativa frustrada:
Cola de Sapateiro não é instantanea
Usei o sapato logo após colar, resultado: pés no chão
 
Depois das tentativas iniciais, pensei em desistir, mais não. E ainda citando Tomas Edson "A insatisfação é a principal motivadora do progresso". Corri atrás e não desisti do propósito e como informação é tudo, consegui algumas preciosas. A principal é que existe uma tal tinta específica para sapatos chamada "SÓ COURO", de facil aplicação e secagem, valeu a pena cada centavo.
 Usei também um ESMALTE VITRAL para pintar o salto, auto-idéia, e o resultado foi execelente.


A cor inicial de "burro quando foge" da sandália
Coloquei uma papel amassado para ajudar no suporte durante a pintura

Nada de pés descalços





Resgatado do cemitério dos sapatos
Salto em migalhas

Salto Novo

Ressucitou!

Sei que não inventei a Lâmpada, mais estou tão feliz que é como estivesse inventado, e fico me perguntando: Como eu nunca pensei em pintar sapatos? É tão óbvio.
Experimentem e Inventem.

Camila Fragelli

2 comentários:

Folhas de Sonhos disse... [Responder comentário]

Ficaram lindos! Seu blog é uma graça.

Conheça o meu. E se gostar, siga e curta a página no Facebook, logo teremos sorteios >.<
beijos!

Anônimo disse... [Responder comentário]

OI ONDE ENCONTRO ESSA TINTA MARAVILHOOOOSA?